DIÁRIO POLÍTICO DE FEIRA NOVA

DIÁRIO POLÍTICO DE FEIRA NOVA

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Aliança entre diferentes


Olhando alguns textos de quando frequentei a faculdade de Direito em Caruaru, encontrei algumas reflexões interessantes, ensinaram-me que o homem não é uma ilha. Como ilha o homem seria solitário, meditativo, pouco ou nada produtivo como nosso prefeito. É a unanimidade do eu só, o rei sol e nada mais importa para esse tipo de pessoa.

Em não sendo uma ilha, o homem há de viver em sociedade, visando, sobretudo, o bem comum. Dessa forma, há de se respeitar as diferenças onde se encontram toda forma de ver as coisas, como os interesses comuns e os coletivos principalmente.

As diferenças individuais foi outra lição que a escola nos ensinou, pois, na psicologia da aprendizagem orienta-se que os seres humanos hão de respeitar os outros como são. E, juntando elos de correntes e formando uma grande roda de ciranda, se construirá um mundo justo e perfeito pela felicidade geral, se é que é possível esse mundo que sonhamos, mais nunca devemos deixar de lutar por ele.

Por tudo isso, as alianças, com a diversidade, somente contribuirão para se alcançar os objetivos e a unidade almejada.

Se vossa reflexão estiver se referindo a objetivos eleitorais, há de se ter em conta que o óleo não se funde com a água. Busque-se alianças, sim, porém junto àqueles que tenham um discurso assemelhado, apesar das diferenças, esse talvez tenha sido o grande problema da atual administração, se denominado a si próprio como única pessoa honesta do mundo, mundo esse que até as escrituras dizem que não há um justo sequer, se intitula como melhor que todos, só que a base de seu governo, foi a base de tantos outros governos, e muito pior pois nunca tiveram tanto poder, e o resultado é visto abertamente, só um cego não enxerga quantos desmandos e corrupção em um governa que prega tanta honestidade, honestidade essa que só serve para o governo anterior, mais quando se tenta fiscalizar o seu próprio governo, coloca um monte de advogados para esconder da sociedade a grande verdade de um governo que depois de 3 anos não conseguiu ao menos colocar o CAUC em dia, mostrando no minímo toda sua imcopetência, mesmo pagando a vários funcionários ilicitamente por empenho ou em acordo obscuros, pensando que a oposição não acompanha tais manobras e não irá tomar as devidas providências na hora certa.

É isso aí....

3 comentários:

  1. UM GOVERNO QUE COMEÇA COM A TRAIÇÃO, VIA TERMINAR COMO AFINAL

    ResponderExcluir
  2. Lindo discurso, mas na prática...

    ResponderExcluir